Postagens

A Graça Divina na Constituição do Povo Hebreu

Imagem
Texto por Marvel Souza No Antigo Testamento, encontramos a graça soberana de Deus como elemento primordial no processo de constituição do seu povo. Os personagens envolvidos com o plano divino não possuíam méritos que pudessem provocar a eleição e constituição deles como povo de Deus. Note que o último dos patriarcas no livro de Gênesis é um indivíduo complicado, que se revela um exímio enganador. No entanto, ele foi escolhido para ser pai daqueles que precederiam às doze tribos de Israel, além de ser o ancestral do salvador, Jesus Cristo. No processo de constituição, encontramos a graça que elege, apesar dos defeitos e virtudes que alguém possa ter. Veja a seguinte disposição, que aponta para a manifestação graciosa de Deus em eleger homens: 1      O filho mais velho de Abraão era Ismael, mas foi Isaque quem recebeu a promessa; 2       O filho mais velho de Isaque era Esaú, mas foi Jacó quem levou a benção à frente; 3     O filho mais velho de Jacó era Rúben, mas s

*⚱O Vaso rachado⚱*

Imagem
"Uma velha chinesa tinha dois grandes vasos, cada um suspenso na extremidade de uma vara que ela carregava nas costas.      Um dos vasos era rachado e outro era perfeito. Todos os dias ela ia ao rio buscar água, e ao fim da longa caminhada do rio até a casa o vaso perfeito chegava sempre cheio de água, enquanto o vaso rachado chegava meio vazio. Naturalmente o vaso perfeito tinha muito orgulho  do seu próprio resultado e o pobre vaso rachado tinha vergonha do seu defeito, de conseguir só fazer a metade daquilo que deveria fazer.      Ao fim de dois anos, refletindo sobre sua própria amarga derrota de ser rachado, durante o caminho para o rio o vaso rachado disse à velha: " - Tenho vergonha de mim mesmo, porque esta rachadura que tenho faz-me perder metade da água até a sua casa..." A velha sorriu: - " Reparaste que lindas flores há ao teu lado do caminho, somente no teu lado?"  Eu sempre soube do teu defeito e portanto plantei sementes de

De volta à Simplicidade do Evangelho

Imagem
Vivemos uma época em que o estrelismo se faz cada vez mais forte ante as conjunturas sociais e religiosas. É comum encontrarmos “outdoors” com imagens de cantores, artistas, bispos, pastores, padres, etc. Quando isto está presente na exterioridade dos meios, é preocupante, especialmente quando se faz presente no interior - o pensamento dominado pelo desejo de querer aparecer e fazer sucesso, ser notado(a) pelos outros. No que atine à religião, em particular, líderes lutam para mostrar quem trabalha melhor, quem é mais organizado, quem tem eventos mais atrativos, quem prega melhor, quem canta melhor, quem tem o maior número de membros e, por fim, quem tem maior poder financeiro. Uma série de pessoas se vê refém de igrejas altamente competitivas, de pensamentos complexos, de fé estressante e vivência religiosa distante da simplicidade do Evangelho - a imagem do Cristo que se assenta para ensinar multidões no monte é substituída pela do grande Deus que está cercado de anjos, riq

Dez passos para um relacionamento saudável

Imagem
Deus nos chamou para a realização afetiva. Devemos crer nisso e seguir as orientações necessárias para conseguirmos um namoro saudável, que avance para o noivado e culmine no casamento, respeitando o que cada fase exige.    Dez passos para conseguir um bom relacionamento: 1.       Esteja bem com Deus; 2.       Esteja bem consigo; 3.       Fale sempre a verdade; 4.    Apresente a Deus a pessoa de quem você está gostando; 5.       Priorize o diálogo ao sexo; 6.  Seja paciente – não sufoque a pessoa com sua necessidade de ter alguém; 7.      Não encha a pessoa de presentes, tentando impressioná-la; 8.   Busque conselho no seu líder espiritual; 9.    Observe como a pessoa de quem você gosta trata a família. Muito provavelmente será a mesma forma com que tratará você; 10.   Não procure pela pessoa perfeita, mas não escolha a mais imperfeita de todas. “Não desperte o amor antes do tempo” – Cantares 8:4 (Bíblia GsG)

Ministério Raphael Lira - Adorador

Imagem
Texto por José Magalhães "Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem" (Jo 4:23). Todo louvor deve conduzir a adoração, se louvar é bom, adorar é muito melhor. No louvor você louva por causa dos feitos de Deus, na adoração você adora o próprio Deus, O louvor nasce na alma, a adoração nasce no Espírito, O louvor é um ato, é uma expressão de sua vida, a adoração é um estilo de vida, um modo de viver, na adoração há comunhão, há intimidade com Deus, a adoração afeta o caráter, a adoração é uma expressão de amor, é o nível mais elevado de batalha espiritual, pois move a mão de Deus, embriague-se adorando e amando a este Deus Criador de todas as coisas e terás um novo viver, porque na presença do Senhor há abundância de alegria!” O vídeo acima faz parte de um momento histórico na vida ministerial do Evangelista Raphael Lira, esposo do Pastor Marvel Souza.

A Bela e a Fera - O Amor Prevalece

Imagem
Texto por Marvel Souza A nova versão  deste conto de fadas tem atraído muitas pessoas aos cinemas mundo afora. A história de amor entre uma linda moça e uma fera mostra a força transformadora do amor. Um enredo muito parecido com a obra que Cristo opera em nós, tornando-nos príncipes e princesas  ao nos amar, apesar da natureza feroz,  amaldiçoada e aprisionadora que tínhamos.  A maldição foi quebrada e  nós nos vimos livres e entregues a Jesus Cristo.  No entanto,  alguns líderes religiosos tentaram promover um boicote ao filme por não concordarem com a apologia feita à homossexualidade (por meio de personagens como uma mulher masculinizada, um homem com trejeitos femininos que se mostra apaixonado por outro, e ainda,  outro personagem que foi vestido com roupas femininas e gostou).   Parece contraditório dizer que estes líderes pregam o amor de Deus, e  é,  mas esta é a triste realidade que enfrentamos nos nossos o dias - não são poucos os líderes que dificultam o ace

Série Evangelhos na Perspectiva da Graça - Evangelho de Mateus

Imagem
A série "EVANGELHOS NA PERSPECTIVA DA GRAÇA" tem como objetivo maior mostrar aos leitores da Bíblia sagrada a graça divina sendo manifestada aos homens por meio do ministério messiânico - Jesus curou, ensinou e pregou cheio da graça divina, ministrando aos homens a benignidade e a misericórdia de Deus. O Evangelho de Mateus é uma obra prima que expressa com precisão o desejo de Deus à toda humanidade. As narrativas de Mateus apresentam Jesus como o Messias prometido pelos profetas. A história de Jesus é narrada desde seu nascimento até sua ressurreição. Ademais, Mateus coloca em foco o ministério tríplice de Jesus – pregar, ensinar e curar. O encontro de Jesus com os fariseus e outros grupos religiosos da época é enfatizado no livro, pois reflete o nível de confusão religiosa que aqueles líderes viviam – Jesus os acusou, dentre outras coisas, de serem hipócritas, mentirosos, judicialistas e legalistas. Em contrapartida, Jesus prega o Evangelho da cruz, que exige renún