Postagens

A Graça que Elege

Imagem
No Antigo Testamento encontramos a graça soberana de Deus como elemento primordial no processo de constituição do seu povo. Os personagens envolvidos com o plano divino não possuíam algo que pudesse fazer com que Deus as escolhessem - veja que o último dos patriarcas no livro de Genêsis é um indivíduo complicado que se mostra um exímio enganador, no entanto, ele foi escolhido para ser pai daqueles que precederiam as doze tribos de Israel e mais, de onde viria o salvador; a saber, Jesus o Cristo. No processo de constituição encontramos a graça que elege apesar das virtudes ou defeitos que alguém possa ter. Veja a seguinte disposição que aponta para a manifestação graciosa de Deus em eleger pessoas: O filho mais velho de Abraão era Ismael, mas foi Isaque quem recebeu a promessa; O filho mais velho de Isaque era Esaú, mas foi Jacó quem levou a benção a frente; O filho mais velho de Jacó era Rúben, mas seria de Judá que surgiria a linhagem messiânica. Estes homens foram escolhidos pela g…

Antropologia Teológica da Salvação

Imagem
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA DA SALVAÇÃO
 "A vida e a ação de Jesus mostram, claramente, que a salvação que Ele realiza em nome de Deus não é tirar-nos de nossa humanidade mas, antes, tirar-nos daquilo que nos impede de sermos humanos. É nesse sentido que podemos entender, por exemplos, os relatos evangélicos que narram as curas e os exorcismos operados por Jesus: são gestos salvadores que devolvem às pessoas a plena capacidade de humanidade. Nesse sentido fica mais fácil entender que a salvação não é apenas conserto da natureza corrompida pelo pecado, mas muito mais que isso, ela é dom, acréscimo, dádiva, graça, excesso, abundância. Não se trata de refazer o que o humano foi, mais de dar realização plena às suas potencialidades, isto é, fazer com que o humano seja aquilo que é chamado a ser. Por isso, a salvação aponta muito mais para o futuro que para o passado, para o que podemos ser e seremos, muito mais que para o que fomos. Na teologia e no pensamento moderno, insiste-se no fato de …

Peneiras da palavra

Imagem
Três são as peneiras da palavra:
Verdade - só devemos falar o que for verdade Proveito - só devemos falar o que é proveitosoMomento - só devemos falar no momento certo 

Ao falarmos devemos considerar se o que estamos falando é verdade ou apenas boato. Não podemos reproduzir nada sem antes uma boa peneirada na peneira da verdade. A mentira não agrada a Deus, antes é filha do próprio diabo."(...) é mentiroso e pai da mentira" (Jo 8:44 última parte)
Após termos peneirado na peneira da verdade, devemos então usar a peneira do proveito. Nem tudo que é verdade deve ser dito - sinceridade demais quebra relacionamentos, traz feridas ao coração. Evite falar o que não tem proveito. Sua palavra tem que ser como semente, deve produzir frutos de alegria. 
A última peneira se refere ao tempo certo de falar, pois em alguns momentos temos algo que é verdade que é proveitoso, mas só devemos falar no momento certo. Evite falar demais, a bíblia diz: "Como maçãs de ouro em salvas de prata, ass…

A Simplicidade do Evangelho

Imagem
Vivemos uma época em que o estrelismo se faz cada vez mais forte ante as conjunturas sociais e religiosas. É comum encontrarmos outdoors com imagens de cantores, artistas, bispos, pastores, padres, etc. Quando isto está presente na exterioridade dos meios é preocupante e, muito mais, quando se faz presente no interior do cristianismo - o pensamento dominado pelo desejo de querer aparecer e fazer sucesso, ser notado/a pelos outros. No que atine à religião, em especial, líderes lutam para mostrar quem trabalha melhor, quem é mais organizado, quem tem eventos mais atrativos, quem prega melhor, quem canta melhor, quem tem o maior número de membros e por fim, quem tem mais poder financeiro. Uma série de pessoas se vê refém de igrejas altamente competitivas, de pensamentos complexos, de fé estressante e vivência religiosa distante da simplicidade do Evangelho - a imagem do Cristo que se assenta para ensinar multidões no monte é substituída pela do grande Deus que está cercado de anjos, riq…

Dignificados por Jesus

Imagem
"A multidão comprimia Jesus de modo que o clamor do cego não era ouvido e a visão do cobrador de impostos impedida de alcançar o mestre Jesus. Para piorar a situação do cego, alguém o manda calar a boca, pois o mestre não o ouviria. No entanto, cada vez mais alto ele clamava: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim”. O cobrador de impostos sobe em um pé de figueira, por ser de pequena estatura. O cego precisa ser ouvido por Jesus. O cobrador precisa ouvir Jesus. O primeiro está à beira do caminho. O segundo em cima de uma árvore também no caminho. Jesus passa pelo caminho. O clamor é ouvido. Zaqueu é visto. Ao cego Jesus pergunta: “O que queres que eu te faça?”. Para Zaqueu Ele diz: “Hoje me convém pousar em sua casa.”. O cego tinha um problema no corpo e queria a cura. Zaqueu tinha um problema na alma e também queria a cura. O cego queria ver o mundo colorido, vivo. Zaqueu precisava ser vivificado para ver as cores de um novo amanhecer. Jesus cura os dois. A necessidade considerada …

A Graça Através dos Tempos

Imagem
Interessante que as mudanças que ocorrem através da história acabam sempre revelando porções da graça de Deus em todas as épocas. Como hoje temos a união de pessoas do mesmo sexo legitimada pela justiça brasileira e de vário outros países, a inserção de classes que outrora estavam à margem do convívio social e familiar. Isso nos prova que Deus se revela gracioso para com os necessitados, cumpre-se o salmo de número 12, verso 5: "Por causa da opressão dos pobres e dos gemidos dos necessitados eu me levantarei agora, diz o Senhor; e porei a salvo a quem por isso suspira."
Leia o artigo abaixo:
John Boswell, historiador e religioso católico, dedicou grande parte de sua vida acadêmica ao estudo do tempo entre o final do Império Romano e início da Igreja cristã. Analisando os documentos legais e da igreja a partir desta época, ele descobriu algo incrível. Havia dezenas de registros de cerimônias da igreja, onde dois homens se juntaram em sindicatos que usaram os mesmos rituais de c…

Nascidos de Deus

Imagem
Jesus aceitou o propósito de Deus antes que qualquer outro ser celestial pudesse aceitar, por dois motivos: primeiro, por quem Ele era: (Filipenses 2:6); segundo, por quem Deus queria que ele se tornasse: (Filipenses 2:7-8) – é importante que reconheçamos quem somos e entendamos que o fato de sermos quem somos não impedirá que Deus nos torne em quem Ele quer que sejamos. Jesus não disse para Pedro, André ou Tiago: “Deixem de ser quem vocês são e sigam-me”. Ele não disse para a mulher: “Deixe de ser mulher para seguir-me”; e ao homem: “Deixe de ser homem”. Quando Cristo chama os seus discípulos, Ele apenas exige que deixem de fazer o que estavam fazendo e passem a uma nova atividade – “Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens.” (Mateus 4:19). Da mesma forma ao se deparar com a prostituta, que estava prestes a ser apedrejada, a ordem não para que ela deixasse de ser mulher, mas de ser pecadora – “(...) vai e não peques mais.” (João 8:11) – jamais seremos condenados pelo que som…