ARMAD@S E PERIGOS@S

ARMAD@S E PERIGOS@S...


Tão perigoso quanto um inconsequente armado com um revólver, é alguém que tenta desqualificar quem você é, sua formação, seu prestígio e o que você tem. Infelizmente, tenho percebido que quanto mais as pessoas se envolvem com a atual política, esta tem sido uma constante estratégia armamentista: possibilitar o acesso não só às armas de fogo, mas às armas da ignorância que são o despeito, a arrogância, a falta de razoabilidade, o desprezo aos que notoriamente sabem mais, a agressão verbal e física dos que expressam opiniões diferentes, a desqualificação do ensino, dos seus mestres, o ataque constante à ciência, à imprensa, o desmerecimento das políticas públicas de assistência social, a desqualificação das instituições históricas e dos seus membros, o desprezo às lutas legitimamente históricas pelos direitos dos negros, das mulheres, das pessoas LGBT+, das pessoas com necessidades especiais, a desqualificação das universidades públicas, o negacionismo de fatos históricos, etc. 

Geralmente, as pessoas que assim estão sendo armadas, não gostam de ler, não assistem jornais, não passaram num vestibular  de uma universidade federal, não gostam de estudar, não falam bem nem o seu próprio idioma e têm inveja de quem consegue falar outros idiomas, não percebem ou não querem perceber que são pobres e sem tudo aquilo que elas desprezam as chances de se tornarem bem sucedidas são pequenas, são invejovas em potencial, não admitindo que qualquer pessoa que não faça parte da sua luta se destaque mais do que elas na vida. São preconceituosas em potencial e se tornam agressivas quando seus argumentos são desfeitos. 

A Bíblia nos ensina que as nossas armas não devem ser carnais e sim espirituais, poderosas em Deus para desfazer os sofismas de satanás (2Co 10:4-5). É preocupante perceber que de fato uma grande maioria de cristãos está tão mal embasados na fé e nas concepções políticas, tornando a convivência social em uma grande tormenta travestida de moral e inovação. A sinfonia que rege a mente destas pessoas são os gritos que ovacionam a ignorância e o desrespeito. 

Ao escrever este texto me veio ao pensamento a fala do escritor Nelson Rodrigues, e com ela eu gostaria de fechar esta redação: "Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos".

TEXTO POR MARVEL SOUZA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma reflexão sobre o Tempo (Esboço de pregação)

Esterilidade Espiritual