Evangelhos Sinóticos


Texto por Marvel Souza

Antes de ler o texto, veja: https://www.youtube.com/watch?v=Qd9kH_XtHYA

A palavra sinótico é de origem grega e significa “mesma visão” ou “ver a mesma coisa”. Os três primeiros Evangelhos (Mateus, Marcos e Lucas) são considerados sinóticos, porque apresentam os relatos dos fatos mais importantes sobre a vida de Jesus, oferecendo-nos uma visão completa do que precisamos saber sobre o ministério messiânico. Apesar de cada escritor escrever a partir de um ponto de vista diferente e para um público diferente, as informações registradas nos três evangelhos se complementam.

Provavelmente os evangelhos sinóticos são muito parecidos, porque foram baseados nos testemunhos de pessoas que viveram com Jesus:

Mateus era um dos doze apóstolos. Ele foi testemunha ocular do ministério de Jesus.

Marcos foi ajudante dos apóstolos Paulo e Pedro. Além de Pedro, ele
possivelmente teve contato com outros apóstolos.

Lucas, um amigo de Paulo, baseou seu evangelho em testemunhos oculares e provavelmente também
conheceu alguns dos apóstolos.


Público alvo de cada um dos Evangelhos sinóticos:

1. Evangelho de Mateus: destinado aos judeus.
2. Evangelho de Marcos: destinado a um público gentio, de língua grega e residente do Império Romano.

3. Evangelho de Lucas: destinado aos gentios.

Objetivo de cada Evangelho Sinótico:

1. Evangelho de Mateus Ressaltar a origem real de Jesus, comprovando sua autoridade messiânica.
2. Evangelho de Marcos Destacar Jesus como o servo conquistador (poderoso), servo sofredor e servo triunfante.
3. Evangelho de Lucas Destacar Jesus como homem (ressaltar a humanidade do Messias e destacando-o como o Salvador universal).







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma reflexão sobre o Tempo (Esboço de pregação)

ARMAD@S E PERIGOS@S

Esterilidade Espiritual