O pior estágio da mágoa - Uma reflexão

Mensagem fruto de uma devocional pela madrugada.


 Leia  e reflita: "o pior estágio da mágoa é quando ela cria raízes no coração - "são as raízes de amargura". É uma ação maligna que mata a vida espiritual do magoado(a) e o(a) conduz a um isolamento fúnebre.

Liberte-se de situações fúteis que aconteceram,  por meio de uma boa dose de maturidade espiritual,  que gera comunhão e santificação. Não deixe que o seu achismo e criticismo te conduzam à frieza espiritual. Em oração, cite as situações ruins que aconteceram e diga eu 'perdoo'.  Se for necessário repita várias vezes, mas não saía do altar sem antes ter seu coração leve. Procure as pessoas e se concerte com elas - não traga bagagens de mágoas para este novo ano. Geralmente o magoado (a) é enganado(a) com a ideia de que quem o(a) magoou é que tem por obrigação de procurá-lo (a). Isso pode ser um engano maligno, pois nem sempre quem feriu o fez com intenção - é irônico esperar pedido de perdão de quem nem sabe o que fez de errado e está levando a sua vida, enquanto o(a) magoado (a) está definhando sem causa, enganado (a). 


Veja algumas ações que caracterizam uma pessoa com raízes de amargura no coração:

1. Isolamento; 

2. Está sempre na defensiva; 

3. Faz críticas destrutivas. 

Siga os seguintes passos para se libertar de toda raíz de amargura:

1. Em oração cite a situação que feriu seu coração e reflita sobre a real procedência dos fatos. Tem sentido a sua mágoa?
2. Libere perdão em oração em voz alta - repita por várias vezes. Narre os fatos e peça ajuda a Deus.
3. Se os fatos tem razão para o concerto, não queira ter razão, seja humilde e procure pela cura e não por explicação. Lembre-se que você também é falível. 
4. Peça ajuda ao seu líder espiritual, converse - isso é uma terapia válida.
5. Peça maturidade espiritual, não se permita ser uma criança birrenta pelos cantos, que está morrendo, mas não aceita ajuda.
6. Reflita se a sua mágoa é fruto da soberba de não reconhecer que errou e precisou ser repreendido(a), ou realmente foi uma falta cometida contra você. Na maioria dos casos o magoado (a) não precisa de receber pedidos de perdão e sim, reconhecer que errou e corrigir sua falta.
7. Não deixe o sol se por sobre a sua ira. Apresse-se!  Você pode estar morrendo por situações fantasiosas.
8. Reflita sobre quantas coisas boas a pessoa com você está magoado(a) já te fez. São mais numerosas do que as faltas? Então, se concentre no fato de que os seres humanos, inclusive você, são falíveis, mas têm muitas coisas boas a oferecer.  Olhe para o bem e deixe que Deus julgue o que de fato é o mal.

Espero ter ajudado você a viver. Não aceite que as mágoas conduzam a tua vida"". 

Texto por Marvel Souza  (Pastor da Comunidade Cristã IPEG)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma reflexão sobre o Tempo (Esboço de pregação)

ARMAD@S E PERIGOS@S

Esterilidade Espiritual